Imagem do topo do blog dos Livros Inspirados em Crimes Reais

6 livros inspirados em crimes reais

Tempo de leitura
4
m

Escrever um livro que prenda a atenção do leitor não é tão fácil, é necessário ter uma história envolvente. Para isso, muitos escritores se baseiam em crimes reais, ocorridos no Brasil e pelo mundo. Para dar mais mistério, melhor ainda se alguns crimes continuam sem solução.

Conheça 6 livros famosos baseados em crimes que abalaram o mundo:

// O Quarto de Jack – Emma Donoghue

Capa do livro O Quarto de Jack em português

A história é narrada de forma divertida e comovente por Jack, de cinco anos, e sua mãe Ma, que moram em um quarto de 7m². Para o garoto, o quarto é seu mundo, nasceu e está crescendo lá, porém, para Ma, significa a prisão que ela está sendo mantida fazem 7 anos.

A ideia do livro veio do caso da Elizabeth Fritzl, mulher austríaca que foi aprisionada pelo seu pai por 24 anos em um bunker, além a drogar e abusá-la. Esses abusos resultaram em sete filhos, onde só uma criança viveu com ela.

Apesar de ser baseado em uma história horrível, o emocionante livro conta a história sobre a inocência da criança, o amor da mãe e a luta pela liberdade.

// Dália Negra – James Ellroy

Dália Negra

A trama se passa em Los Angeles no ano de 1947. O corpo de uma garota é encontrado brutalmente mutilado em um terreno baldio. Dois policiais buscam obcecadamente pelo assassino, que se tornou uma das maiores caçadas da história da Califórnia.

Baseado no caso da Elizabeth Short, atriz estadunidense que foi morta em 1947 por razões até hoje desconhecidas e sem conclusão. Cerca de 60 pessoas confessaram o assassinato, mas todas foram descartadas, gerando diversas teorias e mistério sobre a morte.

// Helter Skelter – Vincent Bugliosi

Capa do livro Helter Skelter em inglês

O livro conta um dos piores e mais famosos crimes conhecidos, o assassinato de Sharon Tate. Escrito pelo promotor do caso, ele aborda com profundidade todos os relatos e detalhes do crime.

O caso Manson é uma incógnita até hoje, diferente de outros crimes, este está solucionado. Charles Manson foi condenado em 1972 a prisão perpétua e até foi considerado “o homem mais malígno e satânico que já caminhou na Terra”.

O que intriga no crime, é como Manson conseguiu persuadir e liderar um grupo de seguidores, entre 20 e 23 anos, a cometer massacres hediondos sem apresentar nenhum arrependimento. Em Helter Skelter, a atriz e esposa do renomado diretor Roman Polanski, foi morta e esfaqueada 16 vezes na barriga, juntamente com quatro amigos que estavam em sua casa.

// Chico Mendes: Crime e Castigo – Zuenir Ventura

Capa do livro Chico Mendes: Crime e Castigo em português

A obra aborda a vida e o caso de Chico Mendes, dividida em três partes. A primeira, “o crime”, reúne as reportagens feitas pelo jornalista Zuenir Ventura após o assassinato. Na segunda, “o castigo”, estão as reportagens que cobriram o julgamento dos assassinos dois anos depois. E a última, “15 anos depois”, são textos de quando Zuenir voltou aos lugares e revisitou os personagens envolvidos no crime.

Francisco Alves Mendes Filho foi um seringueiro e ambientalista brasileiro que atuou muitos anos desenvolvendo táticas pacíficas de resistência para defender a floresta no estado do Acre. O líder já havia anunciado sua morte após inúmeras ameaças, porém, as autoridades brasileiras não tomaram nenhuma providência para evitá-la.

// Serial Killer: Louco ou Cruel? – Ilana Casoy

Capa do livro Serial Killer: Louco ou Cruel? em português

A coletânea é a primeira sobre serial killers elaborada por uma escritora brasileira. Ela é composta por duas partes. Na primeira são dados perfis de criminosos e características psicológicas sobre serial killers, como porque razão e com que métodos eles agem, por exemplo.

Na segunda, Casoy apresenta em detalhes 16 casos de serial killers internacionais que marcaram o século XX. O livro fez tanto sucesso que a autora decidiu escrever outro focado no Brasil, o Serial Killer Made in Brasil. Em ambos, as histórias são marcadas por frieza, detalhes e perversidade em escalas nunca antes vistas.

// Canibais: Paixão e Morte na Rua do Arvoredo – David Coimbra

Capa do livro Canibais: Paixão e Morte na Rua do Arvoredo

Para escrever esse livro, David Coimbra, pesquisou aproximadamente 18 obras sobre os crimes, e conseguiu desenvolver uma narrativa emocionante – e macabra – em uma Porto Alegre cheia de bandidos de todos os tipos.

Os crimes da Rua do Arvoredo foram tão repugnantes que até hoje os moradores gaúchos evitam falar sobre e tornou-se uma lenda urbana na cidade.

Em 18 de abril de 1864, a polícia de Porto Alegre presenciou uma cena horrível na Rua do Arvoredo. No porão da casa de José Ramos e Catharina Palse, onde também funcionava o açougue do casal, estava enterrado um corpo humano mutilado. Além do porão, no terreno dos fundos da casa ainda tinham dois corpos, igualmente esquartejados.

A lenda consta que Ramos degolava, esquartejava, fatiava e guardava as vítimas em baús, moendo-as aos poucos e transformando-as nas famosas linguiças do açougue, no qual a comunidade fazia fila para comprá-las.

Essas histórias horríveis se tornam grandes livros que todos deveriam ler. Você acha que deixamos algum livro de fora? Comente!

Confira também outros livros que você precisa ler!